Coaching de Excelência

Coragem! Ação do coração

Posted by | Artigos, Coaching de Emagrecimento | No Comments

Qual seu maior desafio? Em qual área da vida você tem melhores resultados? E qual delas te desafia mais? Para algumas pessoas não é uma tarefa muito fácil admitir que nem tudo está funcionando “redondo” e equilibrado na vida. É preciso ter coragem para não desanimar diante dos obstáculos e seguir em frente. Acredite, a tomada de consciência é o primeiro passo para alcançar os resultados esperados.

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Inicialmente é necessário analisar, olhar para dentro de si, parar e perceber o que de fato não está legal, o que é preciso atenção e coragem para fazer a nossa parte e mudar. E essa mudança nem sempre é uma tarefa fácil. Ah! Não é mesmo. Quem nunca passou por momentos difíceis e se deu conta que a situação chegou ao limite e teve que tomar uma decisão? Não é apenas tomar a decisão, é necessário coragem para sair do campo da ideia e colocar em prática, agir e executar o plano de ação para que a mudança de fato ocorra.

Você sabe qual a origem da palavra Coragem? Do latim CORATICUM, onde COR significa “coração” e o sufixo -ATICUM é utilizado para indicar uma ação referente ao radical anterior, ou seja: ação do coração(*).

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

É preciso ter coragem, ou seja, agir com todo o coração, estar presente, se empenhar para que as ações sejam verdadeiras e consequentemente os resultados esperados apareçam. Não podemos desanimar e desistir diante dos obstáculos, seja quais forem. Cada um tem sua luta e para vencer temos que reconhecer e corrigir nossos próprios erros e fazer sempre o nosso melhor. A coragem não vem do dia para a noite. Ela só vem para quem age, ela é conquistada aos poucos através da soma dos nossos enfrentamentos, acabando com as crenças negativas que temos ao nosso respeito e do mundo. Ela exige humildade para reconhecer o que está acima das nossas forças e motivação para tomar a iniciativa e agir! A vitória consiste em vencer a si mesmo.

Na busca pela qualidade de vida, inicialmente é preciso coragem para se aceitar e enfrentar que as coisas não estão como já foram, ou não estão como gostaria que estivessem. Coragem para parar e olhar para a sua vida, para dentro de si, assumir que é preciso mudar algo e aceitar que só depende de você fazer acontecer e tomar uma atitude para virar o jogo, manter-se na linha e equilibrar todos os compromissos buscando obter “corpo são e mente sã”.

O Wellness Coaching auxilia nesse processo de tomada de consciência para a busca pela qualidade de vida e bem-estar. Você dedica um tempo para planejar qual a melhor estratégia a ser executada na sua rotina e alcançar o seu objetivo. Organiza o passo a passo das tomadas de decisões para que a mudança ocorra e possui um acompanhamento de cada ação por um profissional capacitado, aplicando todas às vezes uma melhoria. Importante também diagnosticar o que está te impedindo de agir e então fazer os ajustes necessários para alcançar a meta.

Sente que tem algo na vida que você gostaria que os resultados fossem melhores e que você pode fazer a sua parte de forma mais eficaz para alcançar de uma vez por todas o seu objetivo? O Coaching pode ajudá-lo nesse processo. Estabelecer metas de curto prazo para cada objetivo, traçar um plano de ação estratégico, acompanhar seus passos e identificar o aprendizado obtido aplicando a melhoria necessária para a subida de cada degrau são algumas das ações que iremos trabalhar para que você alcance seus objetivos.

Entre em contato conosco, será um prazer contribuir na sua realização.

(*)http://www.gramatica.net.br/origem-das-palavras/etimologia-de-coragem/

Momento de crise, o que fazer?

Posted by | Artigos, Coaching Executivo | No Comments

Imagine encontrar um gênio da lâmpada que atendesse pelo menos três dos nossos pedidos e todos os problemas terminassem como em um passe de mágica. Isso seria bom? Na vida real sabemos que não é assim que funciona, passamos por momentos de crises, incertezas, instabilidades e para vencer precisamos estar dispostos a correr riscos, enfrentar desafios e trabalhar muito para alcançar nossos objetivos.

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Estamos passando por um período de crise global e em nosso país este cenário não é diferente. No mundo dos negócios as oscilações macroeconomicas do mercado geram instabilidade, trazendo muitas incertezas para todos aqueles que buscam o seu lugar ao sol. Mesmo com tantos desafios, assumir a parte que nos cabe na nossa jornada, ter consciência e nos apropriar das nossas escolhas e atitudes é que irão fazer a diferença de verdade na nossa vida. Não é hora de deixar a vida nos levar, precisamos saber que o momento pede cautela, porém não podemos nos acomodar diante de qualquer revés. São nos momentos de crise que tiramos as maiores lições e pensar “fora da caixa” cria oportunidades para nos desenvolvermos ainda mais.

“Pode não parecer, mas, por maior que sejam os seus problemas e as contradições de suas crises, ainda assim é possível encontrar o refúgio de que você tanto precisa”. Flávio Augusto da Silva

Se você busca ser um campeão nos negócios e na vida, confira algumas características dos verdadeiros campeões citadas por Flávio Augusto da Silva, grande empreendedor e empresário de sucesso. Para ele essas pessoas:

  • Assumem responsabilidade para si;
  • São mestres na arte da superação;
  • Sentem-se estimulados por pessoas que tentam desmotivá-los;
  • Focam o troféu como recompensa pelo objetivo alcançado;
  • Amam a vitória, ainda que, em alguns momentos a jornada não seja tão prazerosa quanto eles gostariam;
  • Fazem a diferença no mundo;
  • Sabem do seu valor e não se desencorajam quando a sociedade os vê como desqualificados;
  • Sabem quem são e o que sempre foram;
  • Sabem que existem momentos que terão que correr mesmo sem vontade;
  • Não confundem felicidade com conforto;
  • Sabem que uma trajetória de vitórias é repleta de momentos felizes, realizações e grande entusiasmo, mas também de decepções, traições e estresse;
  • Sabem que o estresse do crescimento é muito menor do que o do fracasso e da estagnação.

Portanto, não podemos deixar que ninguém ou nenhuma situação adversa camuflem os nossos sonhos. Eles são o combustível que precisamos para realizar e alcançar os nossos objetivos. É nessa hora de desafios, que as coisas aparentemente não estão acontecendo conforme o planejado, que precisamos estar ainda mais convictos e conectados com o que realmente queremos para a nossa vida. Ter firme e forte a imagem do que se almeja e o propósito para essa realização acontecer. Podemos fazer uma analogia como se estivéssemos na margem de um rio e quiséssemos atravessar para o outro lado e a visão do que queremos fosse como uma “corda” que ligasse o local de onde estamos até aonde queremos chegar. Sabemos que não é fácil essa travessia, muitas vezes iremos passar por fortes correntezas, mas se tivermos o foco no que queremos, essa “corda” nos dará a sustentação necessária para chegarmos ao destino desejado.

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

O Processo de Coaching nos auxilia nas escolhas dos nossos objetivos e metas através da tomada de consciência que ele proporciona. Ele ajuda também no fortalecimento da nossa visão, aumenta a nossa capacidade de enfrentar esses desafios, desenvolve uma atitude mental mais positiva em relação as crenças limitadoras que já existam e poderão surgir no caminho.  Somos muito mais que imaginamos e acreditamos. De fato, é possível superar esses obstáculos com muito trabalho e determinação, no final da caminhada você irá perceber que todo o seu esforço e dedicação valeram a pena e que você pode considerar-se um verdadeiro campeão. Faça o seu melhor com todo o coração!

Mais informações entre em contato conosco. Será um prazer conversar com você!

Fonte:

  • SILVA, Flávio Augusto da. Geração de Valor: compartilhando Inspiração. Rio de Janeiro. Sextante. 2014.

Superação: Salto para o Sucesso

Posted by | Artigos, Coaching Esportivo | No Comments

Como lidar com os nossos erros? O que fazer quando erramos? Se você fosse uma atleta o que faria se toda a sua preparação ficasse comprometida por um erro ocorrido exatamente no momento da sua competição?

A cidade de Toronto no Canadá, entre os dias 10 e 26 de julho, é sede dos Jogos Pan-Americanos de 2015, um evento com aproximadamente 6 mil atletas de 41 Comitês Olímpicos das Américas para competir em 36 esportes.

Neste evento um acontecimento chamou a atenção do público devido a um erro na execução de uma prova de salto ornamental e a rápida demonstração de superação da atleta. Ingrid Oliveira, carioca de 19 anos, passou por um momento difícil em sua estreia no Pan, a atleta durante a execução do penúltimo salto, mergulhou com as costas na piscina comprometendo totalmente a performance deste salto e obtendo nota zero como resultado. Apesar de não conseguir conter o choro, demonstrou grande habilidade ao lidar com o desgaste emocional gerado pela sua falha inicial enfrentando estímulos externos (expectativa da torcida, treinadores, etc.) e internos (possível raiva, medo, frustração, vergonha, insegurança, etc.) ao retornar logo em seguida e executar o último salto de forma espetacular e com isso garantir a sua classificação para as finais.

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Antes de iniciar as competições, a Ingrid postou nas redes sociais uma foto na qual ela aparece com o maiô de treino. Essa postagem recebeu muitos elogios, mas ao mesmo tempo, gerou muita polêmica devido a alguns comentários ofensivos e maldosos postados pelos usuários. Segundo a imprensa haveria uma relação direta entre a falha na execução do salto e descontentamento da atleta com os comentários da foto. Porém, a técnica Andreia da Silva garante que o ocorrido não provocou a falha apesar de ter pedido a ela mais foco e menos foto.

As emoções relacionadas à ansiedade de fato podem alterar o desempenho na execução de uma atividade. Gould e Weinberg afirmam que quanto maior o grau de incerteza de um indivíduo em relação a um resultado ou a sentimentos e avaliações dos outros, maior o estado de ansiedade e estresse dessa pessoa. Em uma situação de grande pressão como a que a atleta Ingrid estava vivenciando, somado a incerteza do resultado, o nível de tensão e de ansiedade dela aumentou, como ela mesmo declarou. Como consequência a atleta pode ter dado maior atenção para estímulos inadequados (foco nas preocupações) e alterado seu nível de atenção e concentração.

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Para Gould e Weinberg, uma maneira de controlar a ansiedade é desenvolver a confiança. Coube à técnica Andreia da Silva cumprir com esse papel. Logo após a execução errada do salto, ela deu total apoio a Ingrid não enfatizando o erro, mas sim, incentivando a atleta para que ela voltasse e fizesse o seu melhor. Outra forma de controle da ansiedade é utilizar de técnicas para reestruturar-se cognitivamente, controlando ou eliminando preocupações, o processo de Coaching é um facilitador altamente eficaz nesse processo, ao desenvolver na pessoa mudanças de comportamento através da alteração na forma de pensar. Não é uma tarefa muito fácil, mas Ingrid se recuperou rapidamente da queda do seu desempenho. John Wooden, técnico do basquete americano com incrível marca de 88 vitórias consecutivas, fala que não podemos ficar muito preocupados com as coisas que não temos controle, pois se isso acontecer vai desfavoravelmente afetar as coisas sobre as quais temos controle. No caso da Ingrid, a falha já havia acontecido e mesmo assim ela focou no que ainda dependia dela, foi lá e deu o seu melhor no último salto.

O resultado final não foi o pódio, porém ela demonstrou que soube lidar de forma eficaz com suas emoções e sentimentos e fez a diferença, pois enfrentou os medos e a frustração de não alcançar o melhor resultado da competição, contudo alcançou a sua melhor nota em competições e obteve o sucesso. Para Wooden:

“Sucesso é a paz de espírito obtida somente através da satisfação própria em saber que você se esforçou para fazer o seu melhor, no que você é capaz”.

Você pode perder quando ganha e pode ganhar quando for vencido. Os aprendizados que a atleta leva na bagagem para as próximas competições com certeza são ganhos extraordinários e servirão de pontes para alcançar resultados ainda maiores.

Esse acontecimento nos traz diversas reflexões e uma delas é certa: os erros são fontes de aprendizados para obter o crescimento e a evolução necessários na vida. Pare e pense aonde você errou, o quê você tira de aprendizado e em que parte da história você pode agora fazer diferente. Faça a sua parte.

Entre em contato conosco. Será um prazer conversar com você!

 

Fontes:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jogos_Pan-Americanos_de_2015

http://globoesporte.globo.com/

WEINBERG, Robert e D. Gould – Fundamentos da Psicologia do Esporte e Exercício – PA, Ed. Artmed, 2001.

Networking: Dar e Receber

Posted by | Artigos, Coaching Executivo | No Comments

 

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Networking significa estabelecer uma rede de relacionamentos, rede de contatos que se constrói desde muito cedo. Conhecemos pessoas e nos relacionamos, trocamos ideias, conselhos, informações, conhecimentos, gentilezas, referências, contatos criando assim, oportunidades. Podemos considerar o Networking como um maravilhoso instrumento de integração entre pessoas de várias áreas e que, através desse contato, compartilham seus recursos e suas habilidades a fim de estreitar relações e formalizar parcerias.

Algumas pessoas sofrem certa dificuldade na pratica do Networking uma vez que acreditam ser uma forma forçada e artificial de construir uma afinidade, como que para obter vantagem própria apenas. A timidez também é outro aspecto que muitas pessoas afirmam ser um problema para não criar uma rede de relacionamentos. Se você supõe ser uma dessas pessoas, observe o exemplo de Adam Rifkin, ele foi considerado o melhor networker do Vale do Silício em 2011 pela revista “Fortune” e utiliza a internet como forma de aumentar a sua rede de relacionamentos. Observe abaixo algumas das valiosas dicas dessa referência em Networking: 

  • Utilize a tecnologia e a Web para promover mais ligações e estreitar relacionamentos;
  • Use o networking todos os dias como uma oportunidade de aumentar a qualidade das suas conexões;
  • Tenha tempo, paciência e consistência;
  • Mantenha contato com pelo menos uma pessoa e até três pessoas por dia, mais pessoas significa que você não estará se conectando de forma eficaz;
  • Melhore a qualidade das suas relações;
  • Não leve muito tempo em cada interação;
  • Aprofunde as suas conexões através de interações genuínas, verdadeiras, que compartilham conhecimentos, histórias e emoções;
  • Cuide da sua rede como um jardim, um pouco a cada dia.

Visto isto, sabendo que o networking é dar e receber – uma troca verdadeira com benefícios para ambos – continuamente e não somente quando necessita, fica fácil perceber que o networking pode aumentar sua visibilidade, contribuir para a troca de referências comerciais, melhorar a sua reputação e sua influência, compartilhar ideias, informações e contatos. Ou seja, dessa forma, obter resultados concretos no âmbito profissional. Respondo abaixo algumas questões pertinentes ao assunto.

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Network é bom para carreira?

Rifkin afirma que você se torna mais feliz e saudável aprofundando seus relacionamentos, além de ser muito bom para sua carreira. Como ele utiliza a internet para se relacionar, afirma que a rede é mal projetada, devido às falhas estruturais que possui, mas paradoxalmente pode ser a sua maior força. Ele salienta que assim como na internet, no nível humano os relacionamentos também devem ser projetados para lidar com a confusão, perda e fracasso e é onde nos diferenciamos como seres humanos, visto que possuímos a capacidade de aprender e a crescer com erros e se compartilhamos nossos aprendizados, aí então, essa rede fica ainda mais fortalecida. De forma resumida ele nos ensina que é dando que se recebe e seu sucesso vem da sua vontade de dar sem esperar nada em troca.

Como manter um bom relacionamento? 

  • Seja claro ao se expressar;
  • Esteja realmente interessado em ouvir e trocar experiência e conhecimento com a outra pessoa;
  • Adote uma postura de confiança e estabeleça a confiança na relação;
  • Busque ser uma pessoa interessante, ninguém quer ficar ao lado de pessoas chatas;
  • Identifique um assunto em comum com a outra pessoa;
  • Tenha conhecimento das suas habilidades e competências;
  • Procure aprender sobre diversos assuntos e não se restrinja apenas a área profissional que atua;
  • Não procure seus contatos somente quando precisar de um favor;
  • Não fale mal dos outros;
  • Compartilhe suas ideias e solicite opinião sobre elas.

É importante ter presença no mundo digital corporativo contemporâneo? 

Estar presente no mundo digital é um grande diferencial competitivo nos dias de hoje. Há ferramentas que permitem a busca de profissionais, o reconhecimento das competências desses profissionais pelos seus pares, e o relacionamento com terceiros através do networking.

Em entrevista para a Revista Furtune, o executivo Ali Chambers fala que o contato direto com as pessoas ainda é a melhor maneira de encontrar um novo emprego, porém de acordo com a Jobvite, plataforma líder de recrutamento para a web social, 83% dos empregadores utiliza as mídias sociais como LinkedIn, Facebook e Twitter (nesta mesma ordem de importância) para encontrar novas contratações.

Networking também precisa de um objetivo ou todo contato é válido? 

Vamos pensar da seguinte forma, na sua rede social, você é do tipo de pessoa que aceita todas as solicitações e sai procurando todas as pessoas que não conhece? Como a pergunta anterior, a resposta a essas questões depende do objetivo que cada pessoa tem. O ideal é dar seu cartão de visitas e estreitar uma relação quando existir uma boa razão para isso, como por exemplo, ambos concordarem em aprofundar o relacionamento, em trocar mais informações e perceberem uma afinidade em determinado assunto.

Para quem quer criar ou desenvolver o seu networking, segue a seguir algumas dicas: 

  • Estabeleça metas e defina o que você quer encontrar;
  • Faça uma relação das pessoas que você conhece e mantenha atualizada;
  • Crie e promova seu perfil profissional em redes sociais;
  • Faça seu contato de forma personalizada, demonstre atenção, cuidado e carinho;
  • Pratique seu networking diariamente, de forma natural e verdadeira;
  • Marque presença em eventos referente ao seu ramo de atividade;
  • Construa bons relacionamentos;
  • Marque um encontro com as pessoas que você não vê há bastante tempo;
  • Tenha sempre consigo seus cartões de visita;
  • Seja ético;
  • Esteja sempre aberto a novos contatos.

As pessoas me procuram para que, através do Coaching, possa auxiliá-los no aprimoramento das suas competências e melhora da performance e de seus resultados. Consequentemente, encontrar seu lugar de destaque em um mercado cada vez mais competitivo. O networking acaba surgindo de forma natural, como uma maneira de fortalecer os relacionamentos e uma oportunidade de colocar em prática o que é identificado durante o processo de Coaching. A rede de contatos entra como elemento de apoio, na estratégia para se alcançar o que deseja, seja o relacionamento com uma empresa parceira, com fornecedores, com clientes, lembrando sempre da relação de “ganha-ganha”, o “dar e receber”, assim, o sucesso vem da vontade de dar sem esperar nada em troca.

Faça uma análise de como está seu networking. Perceba se você tem se doado, se tem servido as outras pessoas do seu círculo de relacionamento. Podemos comparar como a lei da semeadura, “você colhe aquilo que planta”, contudo, sem esquecer de cultivar a plantação para que haja frutos permanentes. Assim, com a ajuda do tempo, seu networking vai refletir de forma dinâmica os seus esforços, obtendo resultados positivos não só para você como para a sua rede de contatos também.

Fontes:

http://fortune.com

http://g1.com.br

http://exame.abril.com.br

http://www.administradores.com.br

 

Que nota você daria para a sua saúde?

Posted by | Artigos, Coaching de Emagrecimento | No Comments

Que nota você daria para a sua saúde, levando em consideração:Imagem: divulgação

1-    Sono adequado;

2-    Alimentação balanceada;

3-    Atividade Física sistemática;

4-    Momentos de paz: relaxamento e meditação.

Para ter uma vida saudável e equilibrada, não existe muito segredo. O organismo pede tão pouco! Precisamos conciliar essas quatro atividades e adaptá-las de maneira equilibrada na nossa vida.

O que você tem feito para aumentar o seu nível de saúde e deixar ele lá no alto? O que você tem feito para visualizar as possibilidades existentes na sua vida capaz de mudar esse jogo?

Tem momentos na vida que se torna necessário olhar para dentro de si e entender melhor o que está acontecendo, o que te incomoda e o que faz você ficar estagnado, sem avançar como gostaria. Essa tomada de consciência se faz necessário para que você visualize suas capacidades e possibilidades e, se aproprie da parte que te cabe na sua jornada.

Pergunte-se: O que você pode fazer hoje que te colocará um passo à frente do seu objetivo?

Feche seus olhos e resgate três grandes realizações suas. Pense em exemplos que quando se recorda você pensa: Uau! Eu consegui! E então perceba que você tem o “chip” da pessoa REALIZADORA dentro de você! Você já é uma pessoa VITORIOSA, sabe como chegar lá, então utilize seu “chip” para conseguir seu novo objetivo. Aliás, conte-me, qual é mesmo o seu objetivo?

Fome x Vontade de Comer

Posted by | Artigos, Coaching de Emagrecimento | No Comments

Já aconteceu com você de ter desejos incontroláveis e ficar tentado a comer alguma coisa fora do seu planejamento alimentar? Pensar que está com fome e que precisa comer urgentemente? Pensar que não consegue resistir a um desejo, ou ainda, que não esteja legal e que é obrigado a comer algo neste exato momento?

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

 

Você já deve ter tido várias vezes esses tipos de pensamentos. O que acontece é que você confunde a fome com outros estados e que titula qualquer desejo de comer por fome. A fome se manifesta através de um vazio no estomago. Geralmente uma espécie de “dor ou onda de fome”. Fome de verdade é o sentimento que você tem quando está horas sem comer.

 

Agora, se a sensação é de estomago cheio, mas você sente um anseio, um impulso na boca ou no corpo, saiba que não é fome. Este desejo incontrolável é um impulso fisiológico e emocionalmente intenso de comer, quando você não está especialmente faminto, mas sente vontade de comer. Se não resistir, sentirá fraco, culpado e fora de controle, além de engordar.

Saiba que a fome não é uma emergência, ela não é nada de mais e só parece um problema quando sentimos medo dela. Lembre-se que sentir fome é normal e você só deve comer somente quando for a hora de comer, e não quando sentir fome.

Já a saciedade pode levar cerca de 20 minutos para chegar, mas ela vem, e você é capaz de parar de comer sim. Você é do tipo de pessoa que gosta de continuar comendo mesmo que não esteja com fome?

 

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

O que acontece é que quando você está perturbado, estressado ou aborrecido, você pode confundir a fome com a vontade de comer. É importante aprendermos a superar esses desejos para o controle da nossa alimentação e poder ficar longe do excesso de peso para o resto da vida. Se você for capaz de entender quais são os seus gatilhos, estará mais preparado para ficar firme e seguir seu planejamento predeterminado.

Não conte com a comida para se consolar. Comer nunca irá resolver o problema que está te incomodando. Procure resolver os problemas de outra maneira que não envolva a comida, distraia-se com outra atividade, e prove que você é capaz de resistir!

Bom final de semana!

Fonte: Livro Pense Magro – Judith S. Beck

Você presta atenção aos sinais do seu corpo?

Posted by | Artigos, Coaching de Emagrecimento | No Comments

Muitas vezes, não nos damos conta dos avisos que o nosso corpo emite. Ele está sempre a nos dizer coisas, mas em uma língua que não compreendemos muito bem. Precisamos nos conhecer melhor para entendê-lo.

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Você já se perguntou o que é saúde? Temos a ilusão de que se a pessoa não está doente, ela está bem de saúde. Mas não é bem assim que funciona:

“Saúde é alegria de viver. É estar encantado com a vida. É ter entusiasmo, energia, vitalidade, disposição. Saúde é um processo de equilíbrio do organismo. São milhões de mecanismos interagindo e movimentando o interior do seu corpo para que tudo funcione adequadamente. A pessoa encantada com a vida tem o cérebro trabalhando na formação de hormônios de altíssima qualidade que vão nutrir a perfeita elaboração da química interna nos bilhões de reações que ocorrem no organismo todo o tempo.”

Esta definição de saúde dada por Nuno Cobra, só confirma que as pessoas têm uma grande dificuldade de perceber a diferença entre saúde e doença, isto porque nossa cultura usa inadequadamente o termo saúde, na busca de cuidar de quem já está doente, e não cuidar da verdadeira saúde.

Precisamos ficar atentos às reações do nosso corpo. Ele fala! E se você atinge apenas os efeitos imediatos, querendo resolver a coisa rapidamente, saiba que ele – seu corpo – continuará sofrendo, até um dia não aguentar mais e você perder de vez o equilíbrio da vida.

 

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Olhando por este prisma, como está a sua saúde? Não seria muito melhor se a nossa mentalidade mudasse, e passássemos a nos preocupar em nos mantermos saudáveis, felizes, encantados, equilibrados na vida? O organismo pede tão pouco! Porque não se cuidar? O que te impede hoje de fazer escolhas que te proporcione uma saúde melhor?  Faça a sua escolha, escolha um trabalho de saúde cinco estrelas e busque o equilíbrio pra sua vida.

Precisando de ajuda na busca desse equilíbrio? Entre em contato

Um bjo e até semana que vem!

Fonte: Nuno Cobra

Um elogio não faz mal a ninguém…

Posted by | Artigos, Coaching de Emagrecimento | No Comments
Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Você é do tipo de pessoa que se concentra no que faz certo ou no que faz errado? Tem costume de olhar apenas para os deslizes e erros que cometeu e assim acaba se sentindo um “lixo”?

Saiba que as pessoas que tem sucesso no Emagrecimento concentram-se exatamente naquilo que elas estão fazendo corretamente. Agir dessa forma aumenta a autoconfiança e mostra que você é capaz de assumir o controle e exercer a disciplina. Já do contrário, aquelas que se concentram nos seus erros, acabam se vendo como fracas e inferiores.

Perceba se você tem ignorado seus pequenos sucessos do dia a dia. Se sua resposta for sim, isto pode te impedir de desenvolver o senso de autoeficácia (crença de que você é capaz através do seu próprio esforço, de atingir suas metas), desanimando facilmente e muito provável, desistindo do seu objetivo.

Outra dica é tomar cuidado com a palavrinha: “mas”. Muitas vezes você pode até elogiar-se: Eu mereço os parabéns, pois me exercitei todos os dias nessa semana conforme planejei, mas (…). Quando você coloca o “mas” está diminuindo e enfraquecendo todas as vitórias que acabou de falar e fazer.  Você pode até ter a expectativa de querer fazer tudo corretamente conforme planejou, porém a perfeição não existe e para chegar bem perto dela leva-se um tempo de adaptação e aprendizado. É um processo, então faça a sua parte bem feita, e comece a dar valor às pequenas conquistas diárias. Dia após dia elas irão se somando e seus resultados serão sempre crescentes.

Observe suas pequenas ações de sucesso, aquelas que te aproximam do seu objetivo e elogie-se. Talvez no início você ache estranho, mas com o tempo você vai achar super natural e vai se sentir muito bem.

 

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Elogie-se agora! Por quê? Porque você está lendo esse post e agora você sabe que é capaz de chegar aonde você quer, com seu próprio esforço.

Bom final de semana e até o próximo!

Fonte: Livro Pense Magro – Judith S. Beck

Motive-se diariamente

Posted by | Artigos, Coaching de Emagrecimento | No Comments

Estamos em uma época do ano que as temperaturas estão mais baixas, com isso bate aquela preguiça de sair de casa, dá vontade de comer coisas quentes e gostosas, que não vou nem citar aqui porque, na maioria das vezes, essas comidas não são tão saudáveis assim… 😛

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Para ter sucesso no emagrecimento, você precisa se motivar continuamente. Se você está com dificuldade, deve estar se perguntando: Mas como que eu faço isso? Uma das técnicas é lembrar, regularmente, das razões pelas quais emagrecer é tão importante para você. Ok, você já pensou sobre esses motivos inúmeras vezes, porém você acaba não se concentrando nessas razões às 4 da tarde quando está na sua frente um bolo maravilhoso de chocolate, ou então às 8 da noite quando chega em casa com aquela fome, senta na frente da TV e se descontrola completamente. Sabe por que este descontrole? Por causa dos seus pensamentos que te impendem de chegar ao seu objetivo. Algum desses pensamentos, diante da comida, é familiar para você?

  •  Não tem problema eu comer isso; Não tem tanta importância; Eu compensarei mais tarde; Eu me comportei tão bem o dia todo; Todo mundo está comendo; Eu não consigo resistir; Eu vou comer só um pouquinho…

Quantas vezes isso já aconteceu isso com você? Comer exageradamente ou sair do seu planejamento por causa dos benditos pensamentos sabotadores? É justamente por este motivo que você precisa de uma lista escrita cheia de motivos para emagrecer, e é por isso que precisa repetir continuamente essas razões. Assim estará sempre claro na sua mente por que vale a pena não comer o bolo de chocolate ou se descontrolar na sua alimentação.

 

Então, pronto para começar a sua?

Pegue agora um papel e uma caneta e comece a listar as suas vantagens de emagrecer e ficar mais saudável. Lembre-se de não deixar essa lista esquecida, acrescente semanalmente ou sempre que lembrar mais um motivo de ficar bem consigo mesma.

Até semana que vem! 😉

 

Fonte: Livro Pense Magro – Judith S. Beck